Anvisa proíbe venda de hambúrguer de 2 empresas envolvidas na operação

Ajustar Comente Impressão

Hambúrgueres de duas marcas de uma das empresas investigadas pela Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, tiveram a venda proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A suspensão vale para um lote de hambúrguer misto da marca Novilho Nobre, com SIF (registro) 080317; dois lotes de hambúrguer bovino da marca Transmeat, com SIF 010317 e AAJ 1090709; além de hambúrguer da marca Novilho Nobre com data de validade até 29 de setembro. A decisão ocorre após testes laboratoriais apresentarem resultados em desacordo com a lei vigente para o produto. Logo em seguida, porém, voltou atrás e informou que não havia interdição na empresa paranaense.

O comunicado continuou dizendo que "tal paralisação em nada tem haver com problemas do frigorífico, e sim de ordem burocrática do próprio Ministério da Agricultura, pois eles não sabem dizer quem tem competência para liberação desta linha de produção, se o MAPA do Paraná ou o MAPA de Brasília".

Comentários