Djokovic leva susto, mas vence Almagro e avança em Madri

Ajustar Comente Impressão

O atual campeão Novak Djokovic e o favorito da torcida Rafael Nadal tiveram que trabalhar duro para alcançar nesta quarta-feira a terceira rodada do torneio de Madri.

Alta qualidade que ambos voltaram a demonstrar nesta semana, e isso é o que mais anima dos fãs do tênis. Ele e o britânico Jamie Murray não conseguiram justificar a condição de terceiros cabeças de chave da competição ao caírem diante dos franceses Nicolas Mahut e Edouard Roger-Vasselin, que venceram por 2 sets a 1, com 6/4 3/6 e 10/7, pelas quartas de final.

A semifinal será o 50º confronto entre os dois ex-número 1 do mundo.

Curiosamente, não é a primeira vez que Djokovic tem uma sequência de sete vitórias contra o oponente. O atual campeão é o sérvio Novak Djokovic.

Essa foi a segunda vitória de Nadal em dois jogos com o belga de 26 anos, que há menos de três semanas foi superado pelo espanhol na semifinal do Masters 1000 de Montecarlo, também realizado em piso de saibro.

Nadal vem de dois títulos seguidos na gira de saibro europeia: do Masters 1000 de Monte Carlo, no Principado de Monaco, depois de bater o compatriota Albert Ramos Vinolas na decisão e no ATP 500 de Barcelona, também na Espanha, após derrotar o jovem austríaco Dominic Thiem na final. O confronto vale vaga à final do Masters 1000 de Madri.

A russa Svetlana Kuznetsova venceu a chinesa Quiang Wang por 6-4 e 7-5 e enfrenta a canadense Eugenie Bouchard, que avançou depois da número 2 do mundo, a alemã Angelique Kerber, abandonar o jogo quando perdia por 6-3 e 5-0.

O Masters 1000 de Madri de 2017 ocorre entre os dias seis e 13 de maio.

Comentários