Vitória empata com Avaí fora de casa

Ajustar Comente Impressão

Com medo de atacar, cada time deixou o campo com um ponto na tabela de classificação.

O time reserva vencia o coletivo. As finalizações foram raras e com perigo mesmo só uma chance para o Vitória. Deu sorte de novo, quando Paulinho pegou de voleio e acertou a trave de novo do goleiro avaiano, aos 14 minutos. No melhor lance do primeiro tempo, aos 37 minutos, depois de limpar uma bola na entrada da grande área do Avaí, o volante Willian Farias bateu forte e quase abriu o placar para o Vitória, mas a bola também foi na trave.

O segundo tempo ganhou um pouco mais de velocidade. Mesmo antes do início da competição, o técnico Claudinei Oliveira ganhou uma dor de cabeça.

Após a partida em Santa Catarina, o Vitória terá dois confrontos dentro de casa, no Barradão. Na segunda-feira, 20h, os catarinenses encaram o São Paulo, no Morumbi.

O Vitória, que completou 118 anos no sábado e quer dar um presente aos seus torcedores, ou o Avaí, que joga em casa e não quer decepcionar as mães catarinenses?

AVAÍ - Maurício Kozlinski; Leandro Silva, Fagner Alemão, Betão e Capa; Luan, Judson (Vinícius Pacheco), Marquinhos (Wellington Simião); Denilson, Júnior Dutra e Rômulo (Diego Tavares).

Já nos dez minutos finais, Júnior Dutra teve a oportunidade de marcar o gol do Avaí, mas foi derrubado na área e ficou pedindo pênalti, não assinalado pelo juiz Felipe Gomes.

VITÓRIA - Fernando Miguel; Patric, Alan Costa, Renê Santos e Geferson; Willian Farias, Uillian Correia, Cleiton Xavier, David (Euller) e Paulinho (Jean Pineda); Rafaelson (Flávio).

Comentários