Crônica de Coritiba-PR 4 - 1 Atlético-GO em 15/05/17

Ajustar Comente Impressão

O time paranaense ergueu a taça com direito a uma vitória por 3 a 0 sobre o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, no primeiro jogo da final - a segunda e decisiva partida terminou em 0 a 0, no Couto Pereira.

Mas para manter a boa fase e não sofrer como na última edição do Brasileirão, quando permaneceu no pelotão debaixo da tabela de classificação, o Coritiba precisará suprir a ausência de alguns jogadores na estreia.

O Atlético foi até o Paraná na noite desta segunda-feira encarar o Coritiba no estádio Couto Pereira pelo encerramento da primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O placar não foi nada favorável para o Dragão que perdeu por uma goleada de 4 a 1, mas a equipe de Marcelo Cabo parece estar no caminho certo. E os dois clubes jogarão no sábado. Às 16 horas, o Coritiba terá pela frente o Santos, no estádio da Vila Belmiro, em Santos. Três minutos depois foi a vez de Neto Berola arriscar de fora da área e bater Klever que voltou a errar.

Na segunda etapa, o Atlético Goianiense tentou ser um pouco mais objetivo no ataque e conseguiu diminuir com o centroavante Walter, que mesmo visivelmente gordinho marcou um belo gol de primeira, aos 17 minutos. Só que os goianos não esperavam uma estreia brilhante do meia Tomas Bastos. O atacante recebeu lançamento de Neto Berola e tocou na saída do goleiro Kléver. Todos não enfrentaram os cariocas e voltam a buscar espaço no time.

Coritiba: Wilson; Dodô, Werley, Walisson Maia e William Matheus; Alan Santos, Galdezani e Anderson; Neto Berola, Henrique Almeida (Alecsandro) e Kleber.

Atlético-GO: Kléver; Eduardo, Roger Carvalho, Ricardo Silva e Bruno Pacheco; Marcão, Igor, Everaldo, Jorginho e Walterson; Walter.

PÚBLICO - 10.631 pagantes (11.173 no total).

Comentários