Nevoeiro fecha o Aeroporto Santos Dumont, no Rio, pelo terceiro dia consecutivo

Ajustar Comente Impressão

Pelo terceiro dia consecutivo, o funcionamento dos aeroportos do Rio foi prejudicado pelo nevoeiro que atinge a cidade. Nesta segunda (29), foram 56 cancelados no total. Ele e os amigos chegaram a cogitar alugar um carro, para não perderem os ingressos.As companhias se comprometem a reembolsar hotel e refeições para os passageiros que não residem no Rio de Janeiro e que remarcarem seus voos para amanhã.

O Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, reabriu para pousos e decolagens às 18h50 deste domingo (28), após passar praticamente o dia todo fechado por causa de uma forte neblina que atingiu a zona sul e o centro da cidade desde o meio da manhã.

Já a empresária Cristiana Furlan, de 44 anos, comemorava no saguão do Santos Dumont por ter conseguido remarcar o retorno a São Paulo, onde mora e trabalha, para as 10h40 de amanhã, no Galeão.

Dos 61 voos programados, nove registraram atrasos e outros dois foram cancelados das 6h às 9h, segundo informações da Infraero (estatal que administra o aeroporto). Mas desta vez, a restrição de visibilidade não ficou baixa por tantas horas como no domingo. Por volta das 16h30, a Infraero informava que o as operações de pouso e decolagem já estavam normalizadas.

Você sabia que o nevoeiro é um dos fenômenos mais difíceis de prever?

Local foi fechado para pousos na manhã desta segunda-feira (29).

). O pouso das aeronaves está sendo transferido para o Aeroporto Tom Jobim [Galeão].

Além de reduzir a visibilidade nos aeroportos, o nevoeiro e a névoa se formam sobre a região da baía da Guanabara reduzindo a visibilidade e comprometendo o tráfego marítimo. No início da manhã, o aeroporto chegou a ficar fechado para pousos devido ao mau tempo. A nebulosidade aumenta e um pouco de ar frio entra sobre o Grande Rio causando que da temperatura, mas não faz frio ainda.

Comentários