Atlético-MG x Vasco ao vivo - Veja onde assistir

Ajustar Comente Impressão

Depois de vencer o Botafogo na ida por 1 a 0, o time vai até o Engenhão, na próxima quarta-feira (26), precisando apenas de um empate ou podendo perder por um gol de diferença, desde que marque pelo menos um tento no campo do adversário.

O primeiro tempo no Horto foi movimentado. Os dois times criaram várias oportunidades de gol e também sofreram com lesões inesperadas de jogadores importantes ainda na primeira etapa: Fred, no Atlético Mineiro, e Paulão, no Vasco, que foram substituídos.

Nos minutos finais, o Vasco teve a chance de marcar o segundo aos 43 minutos. O argentino Escudero viu o menino Paulinho se projetando em direção à área e tocou. Escudero deu belo passe para Paulinho na área e o jovem vascaíno só teve o trabalho de tocar na saída de Giovanni. No entanto, os mineiros chegaram ao empate aos 17 minutos. De longe, arriscou um chutaço que bateu no travessão de Martin Silva e quicou dentro, a arbitragem demorou a validar, mas o árbitro assistente que fica atrás da meta deu o sinal verde.

Bruno Paulista levaria novamente perigo ao gol de Giovanni aos 31 minutos, quando dominou de fora da área e disparou para o gol. E Martín Silva, aos sete, fez ótima defesa em chute de Rafael Moura.

O confronto tem início às 19h e poderá ser acompanhada através do SporTV (exceto MG) e do Premiere. O atacante cruzou com perigo, mas a zaga desviou para escanteio.

E então, aos 22 minutos do segundo tempo, no contra-ataque, Guilherme arrancou pela direita e tocou para Paulinho acertar um chute fulminante no ângulo.

O Atlético-MG passou a ser pressionado pelo torcida, que começou a vaiar o time.

Aos 29 minutos, o lateral-esquerdo Fábio Santos, do Atlético Mineiro, dividiu de cabeça com o volante Wellington, do Vasco, e caiu no gramado sangrando bastante. Aos poucos, o Vasco equilibrou a partida e passou a avançar com mais facilidade.

Atlético: Giovanni; Alex Silva, Jesiel, Matheus Mancini e Fábio Santos; Rafael Carioca e Yago; Marlone, Otero (Luan) e Robinho (Cazares); Fred (Rafael Moura).

Diogo Giacomini não teve tempo para modificar o jeito do Atlético jogar.

CARTÕES AMARELOS - Yago, Alex Silva, Otero, Matheus Mancini e Marlone (Atlético-MG); Jomar, Bruno Paulista e Escudero (Vasco).

O comandante também deve promover algumas mudanças na equipe, com a volta de Gilberto a lateral direita, as entradas dos garotos Paulo Vitor, Paulinho e Mateus Vital.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Comentários