Lançamento de satélite no Irã viola a Resolução da ONU — EUA

Ajustar Comente Impressão

O Irão anunciou esta quinta-feira que testou com sucesso um lançador de satélites, informa a televisão estatal.

Em comunicado conjunto divulgado pelo departamento americano de Estado, os quatro países condenaram o teste realizado, uma vez que viola uma resolução do Conselho de Segurança da ONU. "Pedimos ao Irã que não realize mais lançamentos de mísseis balísticos e atividades relacionadas", destaca o documento. No entanto, a resolução não explicita uma proibição a tal atividade.

"O programa iraniano para o desenvolvimento de mísseis balísticos segue sendo contraditório com (a resolução) UNSCR 2231 e tem um impacto desestabilizador na região". O artefato, chamado Simorgh, é capaz de colocar satélites de 250 kg a uma altitude de 500 quilómetros acima da superfície terrestre, segundo a mesma fonte.

"O Centro Espacial Imã Khomeini. é um grande complexo que inclui todas as fases de preparação, lançamento, controle e orientação de satélites", acrescentou a emissora.

Comentários