Jogador Neymar é chamado de mercenário após ida ao PSG

Ajustar Comente Impressão

"Peso? 69 quilos. Não tenho mais nada nos ombros", respondeu depois o brasileiro, a propósito da pressão por ser a partir de agora o jogador mais caro do mundo.

E se o PSG pagou uma soma astronómica para poder contar com Neymar - que motivou mesmo uma insólita recusa da Liga espanhola em aceitar o cheque dos advogados do jogador, bem como queixas endossadas à UEFA relativas ao fair-play financeiro -, a verdade é que o clube já está a faturar substancialmente com a contratação.

"É um projeto de duas marcas: se associam a marca Neymar e a marca PSG", declarou Nasser, acrescentando que a negociação mais cara da história "é legal e transparente". Na manhã de sexta-feira, eram centenas os adeptos nas filas das lojas do clube, no Parque dos Príncipes e nos Campos Elísios, para comprar a camisola de Neymar.

Contratação mais cara da história do futebol, o atacante Neymar foi apresentado nesta sexta-feira (4) pelo PSG.

Momentos antes da estreia do Paris Saint-Germain diante do Amiens pelo Campeonato Francês, o jogador brasileiro foi apresentado oficialmente para a torcida em uma grande festa.

O craque brasileiro é considerado um dos melhores jogadores do mundo nos últimos anos. "Vai contribuir para encher os estádios da Ligue 1 e aumentar as audiências", indicou o diretor geral executivo LFP, Didier Quillot. Meu desejo de vir ao Paris foi por querer um novo desafio, buscar algo diferente.

O dirigente também deixou claro que foi o clube que pagou o valor da cláusula de rescisão ao Barcelona, e não o próprio Neymar. O presidente Josep Maria Bartomeu admitiu que Neymar custou 86,2 milhões de euros ao Barcelona, mas que a diferença para os 57,1 milhões de euros anunciados foram referente a luvas, parcerias sociais entre o clube e a Fundação Neymar e ações de marketing. Somando Facebook, Twitter e Instagram, o clube ganhou mais de 600.000 seguidores.

Comentários