Usain Bolt perde a final dos 100m na sua despedida das pistas

Ajustar Comente Impressão

Na metade final, ele ganhou ritmo e deixou todos os rivais para trás. Essa condição estará em jogo após a muito próxima aposentadoria do homem mais rápido do mundo, que começará logo depois do fim de sua participação neste Mundial de Londres.

Quanto a Bolt, como é seu hábito, partiu muito mal, só que, ao contrário de outras ocasiões, o tricampeão olímpico dos 100m não foi capaz de compensar a sua má saída dos blocos de partida.

Van Niekerk não estará presente na corrida por medalhas nos 100m deste Mundial, mas correrá os 200m e os 400m.

Bolt vai completar 31 anos no dia 21 agosto, enquanto Gatlin tem 35 anos. O jamaicano correu em 9s98, apenas um centésimo atrás do americano Christian Coleman, dono da melhor marca nas semifinais. Nos derradeiros metros deu tudo o que tinha mas não chegou para chegar a ouro. Ele não poderá voltar a competir em casa aos olhos dos seus fãs por causa de uma lesão muscular. O atleta de 30 anos busca a medalha de ouro na prova mais tradicional do atletismo em sua despedida das pistas.

A final dos 100 está marcada para este sábado, às 17h45m (horário de Brasília).

Comentários