BCE aponta Outubro como o mês para decisões sobre estímulos

Ajustar Comente Impressão

O Banco Central Europeu (BCE) manteve esta quinta-feira as taxas de juro na zona euro inalteradas e em mínimos históricos.

A taxa de juro aplicável à facilidade permanente de cedência de liquidez mantém-se em 0,25% e a taxa de juro de depósitos permanece em -0,40%.

O BCE continuou a dizer-se "preparado para aumentar o volume ou a duração do programa" se as condições piorarem ou se a inflação não tiver a evolução desejada. O valor fica acima dos 1,3% de julho, mas ainda distante do mandato do BCE, que é de uma inflação próxima, mas abaixo de 2%.

Por outro lado, o presidente da instituição, Mario Draghi, remeteu para outubro a decisão do volume de estímulos.

Draghi apontou que a recente valorização do euro ante outras moedas é uma fonte de incerteza para a política monetária, enquanto os dirigentes se preparam para elaborar os planos para o ano que vem.

Comentários