Vitória do Vasco obriga Cruzeiro a vencer Chapecoense para seguir no G6

Ajustar Comente Impressão

Seja bem-vindo, torcedor que navega pela VAVEL Brasil!

Com o objetivo de se manter no G-6 do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro entra em campo menos de 72 horas após iniciar a decisão da Copa do Brasil, com o empate por 1 a 1 com o Flamengo, na última quinta-feira (7), no Maracanã, para encarar a Chapecoense, neste domingo (10), às 19h, na Arena Condá, em Chapecó, pela 23ª rodada da Série A. "Temos que focar a Chapecoense e continuar nossa caminhada dentro do Campeonato Brasileiro". É uma dureza boa, porque muitas pessoas gostariam de estar no nosso lugar. Temos jogadores com qualidade e esperamos que já surjam nesse jogo os resultados que a gente espera - ressaltou. Temos que revezar alguns jogadores, aqueles que estão mais desgastados ficam para uma segunda parte do jogo de Chapecó. "Coloco outros jogadores inteiros, que vão render bem, e não deixar cair o nível de competitividade necessário nos jogos desse nível", analisou Mano Menezes.

Na décima sétima colocação, a Chape precisa vencer hoje para sair da zona de rebaixamento. Roberto ganha a vaga. Haverá ainda mais duas mudanças: as entradas do volante Canteros e do meia Seijas. Seijas terá nova oportunidade entre os 11 que começam a partida. Na defesa, é praticamente certa a entrada do zagueiro Digão, que não está inscrito na Copa do Brasil por ter chegado ao clube após o prazo de inscrição. No sábado, a delegação seguiu para Chapecó. Arthur e Lucas Romero retornaram a Belo Horizonte para aprimorar condicionamento físico, enquanto que Digão e Sassá, que não estão inscritos no torneio mata-mata, se juntaram ao elenco. Sem Rafael Sóbis, suspenso para a partida de volta da Copa do Brasil, são grandes as chances de Raniel ser titular no dia 27. A equipe catarinense faz campanha irregular no Brasileirão. O terceiro gol do atacante saiu nos 2 a 0 diante do Grêmio, pelas quartas de final da Primeira Liga.

O retrospecto entre os dois times ainda é muito recente devido ao tempo em que a Chape ganhou o cenário nacional.

Este ano, Chapecoense e Cruzeiro já se enfrentaram por quatro vezes. Os cruzeirenses marcaram 17 gols e o Índio Condá anotou 11.

Comentários