Pelo menos 5,7 milhões estão sem energia na Flórida — Irma

Ajustar Comente Impressão

Ilhas Virgens Britânicas têm saldo de nove mortos após a passagem do furacão Irma Cem presos de alta periculosidade fugiram da prisão das Ilhas Virgens Britânicas durante a passagem do furacão Irma, anunciou nesta terça-feira (12) o governo britânico, que também elevou para 9 o número de mortos em seus territórios caribenhos.

Antes de chegar aos Estados Unidos, o furacão já havia deixado 28 mortos no Caribe, onde passou, entre outros países, por Cuba, Haiti e República Dominicana - lugares que agora esperam os rumos do furacão Jose.

Atualmente, o furacão foi rebaixado à categoria 1 de intensidade, com fortes tempestades e ventos de 120 km por hora.

Uma boa prova disso são as condições da cidade de Miami depois do furacão, nessa manhã de segunda-feira; bem como toda a costa oeste da Flórida.

Em Jacksonville, no nordeste da Florida, as inundações alcançaram níveis históricos e as autoridades locais lançaram no twitter um apelo aos habitantes da zona do rio St. Johns para que saiam desta região, quando se espera que a situação se degrade.

"A notícia ruim é que este é um grande monstro, mas penso que estamos muito bem coordenados", disse a repórteres no domingo, ao sair de reuniões com membros do seu gabinete no refúgio de Camp David, Maryland. Os prejuízos com a destruição são estimados em cerca de 50 bilhões de dólares.

Uma semana antes, o furacão Harvey inundou uma vasta porção de Houston, no Texas. A reconstrução da Flórida não irá sair por muito menos.

Comentários