Gustavo Henrique e Copete são cortados: Santos relaciona 18 contra o Barcelona

Ajustar Comente Impressão

Por outro lado, o Barcelona enfrentou outro time paulista, o Palmeiras, e eliminou os alviverdes nas penalidades depois de 1 a 1 no agregado. Mas nenhum dos dois pode achar que a vaga para as semifinais está no papo. O duelo da volta será na próxima quarta-feira, às 21h45, desta vez com mando do Grêmio, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. A equipe teve uma postura pra lá de cautelosa do início ao fim da partida, esperando o time equatoriano e se defendendo com os dez homens de linha no campo de retaguarda.

Para a construção desse resultado, cito Vanderlei como o grande nome do jogo, evitando que o Santos ficasse no vermelho nesta partida de ida. Assim, Thiago Ribeiro ganha a oportunidade na equipe titular. O tempo passou e o árbitro terminou o primeiro tempo sem gols. Aos três segundos - isso mesmo, três segundos -, Lucas Lima sofreu uma falta pouco depois da linha da metade do campo.

O jogo ficou na mão do Santos. Nos instantes finais, o Barcelona-EQU teve chances para virar, mas a defesa santista se segurou bem, garantindo o 17º jogo de invencibilidade na temporada. Mas o time de Levir Culpi continuava sem conseguir manter a posse de bola ou armar contra-ataques. Aos 19, Lucas Lima foi substituído por sentir uma lesão na perna, que ele mesmo classificou como uma "fisgada" ao fim da partida. Muitos times se preocupam em não levar gols, mas o mata-mata da Libertadores ajuda quem faz gol fora de casa.

Aos 33 minutos, Díaz cobrou escanteio e Jonatan Álvez subiu mais que a zaga para tocar de cabeça para o gol de Vanderlei.

No choque brasileiro das quartas de final o Grêmio esteve mais perto de vencer do que o Botafogo. A bola passou muito perto do gol santista. Após cobrança de falta, a bola sobrou para Ricardo Oliveira.

Comentários