PMDB afasta Geddel e Kátia Abreu das funções partidárias por 60 dias

Ajustar Comente Impressão

Geddel Vieira Lima (PMDB) foi ministro-chefe da Secretaria de Governo, nomeado por Michel Temer no dia 12 de maio de 2016 e demitido seis meses depois.

Dinheiro em malas tinha digitais de Geddel Vieira de Lima, segundo a Polícia Federal.

É irmão do deputado Lúcio Vieira Lima.

Geddel está preso na Papuda. Além disso, no local, foi encontrada uma fatura em nome de Marinalva Teixeira de Jesus, apontada como empregada doméstica do congressista. Se o magistrado decidir enviar o caso ao STF, caberá aos ministros da Corte deliberar se toda a investigação correrá na instância superior ou apenas a parte referente a Lúcio.

Comentários