Hamilton repete treino da manhã e faz volta mais rápida em Interlagos

Ajustar Comente Impressão

A segunda e mais importante sessão de treinos livres do final de semana do GP do Brasil foi liderada por Lewis Hamilton, a exemplo do que já havia acontecido na parte da manhã. Lewis Hamilton liderou mais uma vez a tabela de tempos à frente de Valtteri Bottas, embora as equipes rivais tenham se aproximado em relação ao visto na sessão de abertura do dia.

O vencedor da corrida do ano passado deu a melhor de suas voltas em 1min09s202, tempo mais rápido já registrado na história do circuito por um carro de F-1. A terceira colocação ficou com Daniel Ricciardo, em um dia no qual a Red Bull deu indicativos de que está mais forte do que a Ferrari. Sendo a primeira sessão, como sempre há pilotos que escolheram uma afinação base mais perto da final e isso sempre se reflete nos primeiros treinos livres.

Assim, os pilotos iniciaram as atividades ainda com pneus macios. Ele fechou em oitavo, também superado por Esteban Ocon, da Force India, e com 0s8 de atraso para o líder. Seu companheiro, Valteri Bottas, saiu-se bem novamente e manteve o segundo posto, comprovando a soberania da equipe alemã. O lance de maior perigo aconteceu com Marcus Ericsson, da Sauber, que perdeu o controle de seu carro na descida para o Mergulho e chegou a bater na barreira de pneus.

A Haas decidiu por dar a Antonio Giovinazzi uma oportunidade de treino.

Comentários