Acidente deixa pelo menos sete mortos em rodovia no norte de Minas

Ajustar Comente Impressão

De acordo com as primeiras informações do Corpo de Bombeiros, até o momento foram registradas 25 ocorrências de inundações e duas quedas de árvore.

Segundo o Samu e os Bombeiros, onze pessoas estão em estado grave, uma em estado gravíssimo e 27 sofreram ferimentos leves.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, não há previsão de liberação da rodovia que está interditada próximo ao Povoado de Bocaina, em Grão Mogol.

Uma das carretas, que transportava papel, pegou fogo. É um micro-ônibus, um caminhão que tinha outro caminhão em cima dele, que colidiu com o ônibus e esse eixo parece que foi para dentro do ônibus. O Hospital informou que para a assistência aos feridos no do acidente na BR-251, teve que acionar o seu "plano de catástrofe de atendimento ás vitimas", tendo em vista que, na sexta-feira, a instituição anunciou que devido a superlotação, adotou um "plano de contigência" e decidiu, provisoriamente, fechar parcialmente o seu pronto socorro, passando atender somente os "casos de eminente risco de morte". Além disso, bolsas e documentos estavam revirados no interior e fora dos veículos, não sendo possível relacionar e identificar os pertences e documentos às vítimas fatais de imediato, o que deve ser feito pelo Instituto Médico Legal (IML).

Segundo os bombeiros, "as vítimas estavam muito mutiladas pela violência do acidente".

Ainda de acordo com o tenente-coronel, este trecho da BR-251, que liga Montes Claros a Salinas, apresenta vários trechos com alto índice de acidentes.

Em 19 de junho do ano passado, 11 pessoas morreram em desastre na mesma estrada, em Salinas, também na Região Norte de Minas, envolvendo um ônibus que saiu de São Paulo e seguia para a Bahia.

Comentários