Estudantes de escola pública terão gratuidade automática no Enem

Ajustar Comente Impressão

O sistema de inscrição foi aberto na última segunda-feira (7) e ficará disponível até as 23h59 de 18 de maio.

Por determinação do Ministério da Educação e do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), os alunos que estão cursando o último ano do Ensino Médio em escolas da rede pública terão isenção da taxa de inscrição, mesmo se não tiver feito a solicitação no prazo regular. O prazo para pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 82, termina em 23 de maio.

Para esses participantes, não será gerada uma Guia de Recolhimento da União (GRU). Mesmo os candidatos que pediram isenção da taxa de inscrição no Enem devem se inscrever, na Página do Participante.

Até o ano passado, o pedido de isenção da taxa de inscrição no Enem era feito junto com a inscrição, mas a partir deste ano quem tem direito à gratuidade teve que fazer a solicitação no mês passado.

De acordo com a Agência Brasil, as provas serão realizadas nos dias 4 e 11 de novembro, e até às 10 horas desta quarta-feira (9), mais de 2 milhões de pessoas já tinham se inscrito na prova. No dia, o Brasil Escola entrou em contato com o Inep, que informou que o problema poderia estar no navegador de internet dos estudantes.

Para fazer a inscrição, é necessário informar o número do CPF e do RG para que seja criada uma senha. O número de inscrição gerado e a senha cadastrada deverão ser anotados em local seguro, pois serão solicitados para o acompanhamento da situação. Também é preciso ter um número de celular e um e-mail válidos, para que o Inep envie comunicados diretamente aos candidatos. Esses dados também serão usados para consulta do Cartão de Confirmação e para a obtenção dos dados individuais dos candidatos. Também deve ser indicado o município onde o candidato quer realizar o exame e a língua na qual quer fazer a prova de língua estrangeira (inglês ou espanhol).

Comentários