Jogadores acreditam que "terrorismo" em Alcochete foi "encomenda" de BC — Sporting

Ajustar Comente Impressão

"O Sporting Clube de Portugal confia na justiça e, como sempre defendeu, prestou e prestará toda a colaboração necessária para a apuração da verdade", informou o clube.

O clube lisboeta se pronunciou sobre os acontecimentos em sua página no Facebook: "O Sporting Clube de Portugal repudia de forma veemente os acontecimentos registados hoje na Academia Sporting". Um deles é André Geraldes, atual braço direito de Bruno de Carvalho e diretor desportivo do futebol do Sporting.

Na sequência do ataque, a GNR deteve 23 suspeitos, apreendeu cinco viaturas ligeiras, vários artigos relacionados com os crimes e recolheu depoimentos de 36 pessoas, entre jogadores, equipa técnica, funcionários e vigilantes ao serviço do clube.

Pedro Madureira, advogado de pelo menos um dos arguidos, confirmou que a inquirição não começou e que o processo ainda não chegou ao tribunal do Barreiro, não havendo assim previsão do início da inquirição.

Apesar da gravidade do que aconteceu na terça-feira na Academia do Sporting em Alcochete, uma fonte policial admitiu à agência Lusa a possibilidade de alguns arguidos ficarem apenas com a medida de coação de termo de identidade e residência.

“Quem fez isto não é do Sporting, apesar de poder julgar que é”, diz o maior acionista privado

A equipa principal do Sporting cumpria o primeiro treino da semana, depois da derrota no terreno do Marítimo (2-1), que relegou a equipa para o terceiro lugar da I Liga, iniciando a preparação para a final da Taça de Portugal, marcada para domingo, diante do Desportivo das Aves, no Estádio Nacional, em Oeiras.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse sentir-se "vexado" com os incidentes de terça-feira e assumiu ser este o momento de travar a escalada de violência no desporto.

Os membros da comissão técnica e jogadores do Sporting Lisboa, de Portugal, foram agredidos nesta terça-feira por cerca de 50 torcedores no centro de treinamento do clube.

Sobre a possibilidade de a equipa leonina ser recebida nos Paços do Concelho, caso ganhe a taça, o presidente do município da capital referiu que o Sporting pediu para tal não acontecer.

Comentários