Temer diz que tirou o Brasil do vermelho

Ajustar Comente Impressão

A mensagem passou a impressão - até mesmo para Michel Temer - de que o país regredira duas décadas em sua gestão.

Segundo o Estadão apurou, Michel Temer, contrariado com a trapalhada, convocou o marqueteiro Elsinho Mouco e o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, para acertar os ponteiros da comunicação do governo.

O governo divulgou, recentemente, o slogan "O Brasil voltou, 20 anos em 2", em referência ao programa de governo do ex-presidente Juscelino Kubitschek: 50 anos em 5.

O governo Temer teve início em maio de 2016, quando o Senado instaurou o processo de impeachment da então presidente Dilma Rousseff e atualmente registra baixíssimos níveis de popularidade. Quinze também é o número do MDB na campanha eleitoral. Ele falou a uma plateia composta de ministros, ex-ministros, parlamentares e dirigentes de estatais. Na ocasião, Temer fará um pronunciamento enaltecendo o que chama de "legado". "Incumbiu-me o senhor presidente da República de transmitir convite a Vossa Excelência para participar do evento 'O Brasil voltou, 20 anos em 2'", diz o documento, assinado pelo chefe do cerimonial da Presidência, Pompeu Andreucci Neto. O convite para a cerimônia provocou uma crise no Planalto e teve de ser alterado de última hora.

Temer em Florianópolis- Marco Santiago  ND
O presidente anunciou ainda a liberação de mais 50 mil unidades habitacionais- Marco Santiago ND

Ao todo, conforme Marco Aurélio Alberton, presidente da Associação dos Sindicatos da Construção Civil de SC (ASICc), entidade que este ano promove o evento em SC, são esperadas 14 pessoas na comitiva presidencial, entre ministros e outras autoridades, como o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Dyogo Henrique de Oliveira. Criado pelo publicitário Nizan Guanaes, o mote também apareceu na cartilha de 32 páginas distribuída durante a solenidade, com dados sobre as "realizações" do governo de 2016 a 2018.

Temer considerou que sua equipe nesses dois anos foi uma "da melhor dos últimos tempos", e o resultado foi vencer a pior recessão da história do País.

O presidente Michel Temer afirmou ontem, no balanço de seus dois anos de governo, ter conseguido recolocar o País no cenário internacional com a queda da inflação e da taxa de juros, mas dedica espaço pequeno a ações contra o desemprego, com poucos resultados para mostrar na área.

A letra V de "Avançamos" é apresentada como um "V" de vitória feito com dois dedos por um homem sorridente. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Comentários